Serviços Locatário

Impressos

Para alugar um imovel ou notificar a desocupação do imóvel, basta preencher a ficha referente a sua necessidade e encaminhar ao departamento de locação. Abaixo você encontra documentos para serem preenchidos conforme sua necessidade.

Documentação para alugar

Confira a documentação necessária para alugar um imóvel. Preencha a Ficha Cadastral (Você encontra no site na opção impressos) e entregue-a juntamente com as cópias dos documentos solicitados para o Corretor da Agência de preferência.

LOCATÁRIO PESSOA FÍSICA

Em caso de Assalariado ou Aposentado:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Comprovante de renda (03 últimos holerites; em caso de aposentado do INSS, o número do benefício)
  • Carteira Profissional (páginas foto, qualificação, registro e última alteração salarial)

Em caso de Locatário Autônomo:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Comprovante de renda, última declaração de Imposto de Renda e extrato bancário dos 03 últimos meses

Em caso de Locatário Empresário:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Comprovante de renda, última declaração de Imposto de Renda e extrato bancário dos 03 últimos meses
  • Contrato Social (primeira e última alterações)

LOCATÁRIO PESSOA JURÍDICA

  • Contrato Social
  • Extrato bancário dos últimos 03 meses
  • Documentação completa dos sócios, conforme constar no Contrato Social (vide documentos necessários no caso de Locatário Empresário, acima)
  • Quando empresa SA, apresentar procuração e documentos do procurador

FIADOR PESSOA FÍSICA

Em caso de Fiador Assalariado ou Aposentado:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Certidão de estado civil (nascimento ou casamento)
  • Documentos do cônjuge (quando houver)
  • Comprovante de residência atualizado (máximo 30 dias)
  • Comprovante de renda (03 últimos holerites; em caso de aposentado do INSS, o número do benefício)
  • Carteira Profissional (Página foto, qualificação, registro e última alteração salarial)
  • Matrícula do imóvel atualizada original
  • Espelho do IPTU do ano vigente
  • Obs.: se necessário, poderão ser solicitados documentos complementares.

Em caso de Fiador Autônomo:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Certidão de estado civil (nascimento ou casamento)
  • Documentos do cônjuge, quando houver
  • Comprovante de Residência atualizado (máximo 30 dias)
  • Comprovante de renda (declaração de Imposto de Renda e extrato bancário dos 03 últimos meses)
  • Matrícula do Imóvel atualizada original
  • Espelho do IPTU do ano vigente
  • Obs.: se necessário, poderão ser solicitados documentos complementares.

Em caso de Fiador Empresário:

  • RG ou CNH ou Carteira Profissional (com foto)
  • Certidão de estado civil (nascimento ou casamento)
  • Documentos do cônjuge (quando houver)
  • Comprovante de residência atualizado (máximo 30 dias)
  • Comprovante de renda (declaração de Imposto de Renda e extrato bancário dos 03 últimos meses)
  • Contrato Social (primeira e última alterações)
  • Matrícula do Imóvel atualizada original
  • Espelho do IPTU do ano vigente
  • Obs.: Se necessário, poderão ser solicitados documentos complementares.

FIADOR PESSOA JURÍDICA

  • Contrato Social e extrato bancário dos 03 últimos meses
  • Documentação completa dos sócios, conforme constar no Contrato Social (vide documentos necessários no caso de Locatário Empresário, acima)
  • Quando empresa SA, solicitar procuração e documentos do procurador
  • Matrícula do imóvel atualizada original
  • Espelho do IPTU do ano vigente
  • Obs.: se necessário, poderão ser solicitados documentos complementares.

Garantias Locatícias

FIADOR

Para ser fiador, a pessoa física ou jurídica deverá ser proprietária de um imóvel registrado em cartório, registrado em seu nome e livre de ônus. São aceitos imóveis registrados na Grande São Paulo. Imóveis de outros municípios ou estados serão analisados.

O rendimento mensal do fiador deverá ser (no mínimo) superior a três vezes o valor do aluguel, bem como estar com os nomes fora das listas de órgãos de proteção ao crédito.

Ao assinar o contrato de locação como fiador, o mesmo se obriga a quitar os débitos do locatário, caso este não consiga quitá-los, assegurando ao locador o efetivo cumprimento de todas as obrigações do contrato. O fiador possui responsabilidade até a rescisão do contrato de locação e efetiva devolução do imóvel.

O artigo 40 da Lei nº 8.245 especifica os casos em que o locador pode exigir outro fiador ou a mudança da modalidade de garantia: - Ausência, interdição, falência ou insolvência do fiador, declaradas judicialmente;

- Alienação ou gravação (limitação dos direitos) de todos os bens imóveis do fiador ou sua mudança de residência sem comunicação ao locador;
- Exoneração do fiador;
- Prorrogação da locação por prazo indeterminado, tendo sido a fiança ajustada por prazo certo;
- Desaparecimento dos bens móveis;
- Desapropriação ou alienação do imóvel.

CAUCIONANTE

Ocorre quando locatário ou fiador possui um imóvel passível de ser registrado em garantia ao Contrato de Locação, que ocorre através da lavratura de uma escritura pública de uma hipoteca. Esta deverá ser registrada no cartório de registro de imóveis do lugar do imóvel dado em garantia.

DEPÓSITO CAUÇÃO

O locatário depositará o valor de 03 (três) alugueis. Ao final do contrato, não havendo dívidas, o valor será devolvido com os rendimentos. Esta garantia só é aceita em caso de locatários assalariados ou aposentados.

SEGURO FIANÇA

O seguro fiança consiste em uma apólice tal como o seguro de um automóvel, onde o locatário pagará um prêmio que será algo em torno de um aluguel e meio, anualmente. Para tal aprovação do locatário a seguradora fará uma análise minuciosa da documentação, bem como a base de renda mensal do locatário deverá ser a soma de 03 (três) alugueis, mais encargos.
Esta modalidade garante ao locador o recebimento em dias de alugueis, encargos, como condomínio, IPTU, água, luz, despesas advocatícias e até eventuais danos causados no imóvel.

TÍTULO DE CAPTALIZAÇÃO

O Título de Capitalização é adquirido pelo locatário, que deverá ser no mínimo de 06 (seis) alugueis mais 06 (seis) condomínios, quando houver. O título ficará em garantia para o Contrato de Locação e só poderá ser resgatado pelo locatário quando constatado que não há pendências oriundas da locação, e liberação do locador. Além de proporcionar segurança para as partes envolvidas, o locatário concorre a sorteios pela Loteria Federal, no valor nominal do título corrigido pela TR.

CARTA-FIANÇA

Normalmente é fornecida por bancos ou grandes empresas nominal ao Contrato de Locação, contendo o valor correspondente a 20 (vinte) vezes o aluguel, mais encargos. Deverá ser apresentada antes da confecção do contrato para aprovação.


Desocupação

Para sua comodidade e segurança, é necessário seguir as instruções abaixo para a devolução do imóvel. Este procedimento é fundamental para o término harmonioso da relação mantida entre locatário e locador, através desta administradora, em razão da qual solicitamos sua colaboração:

• Notificar a administradora por escrito conforme o modelo. A intenção de desocupar o imóvel locado com, no mínimo, 30 (trinta) dias de antecedência, atendendo dispositivo contratual e legal (Art. 6º da Lei 8.245/91), sob pena de multa correspondente a 01 (um) mês de aluguel e encargos vigentes.

• Agendar a vistoria de saída através de e-mail enviado para suporteaocliente@guairaimoveis.com.br, com 72 horas de antecedência da previsão exata da desocupação por completa do imóvel, com data e horário para realização da vistoria. Estar ciente que a confirmação se dará através de confirmação do e-mail, uma vez que o horário dependerá da agenda do vistoriador.

• Desocupar o imóvel, deixando-o totalmente livre de pessoas e coisas pessoais; deixar o imóvel no mesmo estado de conservação que fora encontrado, de acordo com o Termo de Vistoria assinado.

• No dia da vistoria de saída, algum responsável deve estar no imóvel para que o vistoriador e o locador possam dar o parecer final quanto ao estado do mesmo.

• Após a vistoria e estando o imóvel em conformidade, deverá o locatário comparecer a administradora portando todas as chaves recebidas no início da locação juntamente com cópias tiradas posteriormente, controle remoto de portão (se houver), crachá de estacionamento (se houver), cartão ou chave de carrinho de supermercado (se houver), bem como as 03 (três) últimas contas de luz, 03 (três) últimas contas de água (se houver), 03 (três) últimas contas de gás (se houver), 03 (três) últimos comprovantes de condomínios (se houver) e declaração de quitação de débitos emitida pela administradora do condomínio.

• Caso haja danos no imóvel, comparados à vistoria inicial, estes deverão ser imediatamente corrigidos pelo locatário (o aluguel e os encargos continuam em vigor até a efetiva restauração).